Etno-jornalismo, Tecnologias

 

Versão Atual

 

Aliança Inter-étnica Indígena, para que através de um portal, as pessoas das comunidades indígenas possam fortalecer suas culturas, intercambiar experiências, melhorar sua cidadania e qualidade de vida.

 

Em 2004 com patrocínio: Bompreço do Nordeste S/A e Programa Fazcultura nasce o Portal de diálogo intercultural:

Kariri-Xocó/AL, Xucuru-Kariri/AL, Pankararú/PE, Tumbalalá/BA, Kiriri/BA, Tupinambá/BA e Pataxó-Hãhãhãe/BA e o mundo.

Prêmio Telemar de Inclusão Digital 2004, 3º Lugar na categoria ONG das regiões Norte/Nordeste.

Em 2005 “ÍNDIOS ON-LINE” é reconhecido como um Ponto de Cultura Viva e passa a trabalhar em parceria com: Ministério da Cultura, apoio: Ministério das Comunicações e Ministério de Trabalho.

Em 2005, a THYDÊWÁ realiza o projeto: “RÁDIO COMUNITÁRIA PATAXÓ-HÃHÃHÃE” com patrocínio da UNESCO para facilitar a reciclagem e qualificação de 20 indígenas participantes da rádio.

Em 2007 a THYDÊWÁ o seu projeto INDIOS ON-LINE recebeu o selo de Iniciativa Reconhecida Prêmio Cultura Viva.

No ano de 2008 a THYDÊWÁ recebe também o Premio AREDE (Momento Editorial); chega a ser Semifinalista do Premio Experiências de Inovação Social da Fundação W.K.Kellogg e CEPAL; ganha o Prêmio LUDICIDADE do Ministério da Cultura, pelo trabalhos com programa INDIOS ON-LINE. ; e o Prêmio Top  Social (ADVB/BA ABAP/BA e ACB).

Em 2009 a THYDÊWÁ recebe Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade (IPHAN) pela divulgação do patrimônio brasileiro através da internet, dos livros e das campanhas.

A REDE INDIOS ON-LINE recebe o Premio Mídia Livre do Ministério da Cultura permitindo assim mais um novo passo no caminho da busca de sua autonomia.

Em agosto de 2009 a THYDÊWÁ constrói parceria com a REDE para a realização do projeto “ÍNDIOS ON AMERICA”, com apoio do Ministério da Cultura, 12 indígenas brasileiros participam de uma jornada de integração com o portal das Américas junto a indígenas do continente.

Em setembro de 2009, a REDE começa uma nova fase, a de sua gestão compartilhada por todos os indígenas da REDE através de 08 facilitadores indígenas, passando a THYDÊWÁ a ter o simples estatuto de parceiro da REDE. A THYDÊWÁ realiza em parceria com a REDE o I° Encontro Nacional da REDE , em janeiro de 2010(leia o artigo do Território Litoral Sul Bahia).