In Blog

O mês de novembro floresceu e com ele dois projetos foram iniciados: Memória Viva e Redes de Sororidade. Os próximos meses será de muitos encontros nas aldeias. A primeira aldeia a receber as mulheres Dragon Dreaming foi Pataxó Hahahãe. E o projeto Memória Viva iniciou seus trabalhos na aldeia Pataxó Cumuruxatiba. As visitas ocorrerão entre os meses de novembro a fevereiro. O projeto Redes de Sororidade é mais uma forma de potencializar a rede Pelas Mulheres Indígenas. E o Memória Viva trabalha pela valorização dos saberes das anciãs e anciões indígenas e do fortalecimento do diálogo transgeracional.

Encontro de mulheres indígenas para celebrar o início do projeto Redes de Sororidade na aldeia Pataxó Hahahãe


 

 

 

 

 

 

 

Projeto Memória Viva começando o ciclo na aldeia Pataxó Cumuruxatiba

 

 

 

 

 

Pataxó Cumuruxatiba segue firme e forte plantando e colhendo

 

 

 

 

Todas essas informações foram trocadas no grupo do whatsapp PCI rede transcultural, criado com objetivo de ser uma comunidade colaborativa de aprendizagem, reunindo integrantes dos 8 Pontos de Cultura Indígena do Nordeste. Diariamente são postadas notícias sobre o andamento das atividades em cada Ponto, o dia a dia dentro das comunidades, a cultura vivenciada em cada pequeno detalhe do cotidiano das aldeias, histórias dos anciões, o brincar das crianças e a luta indígena pela reivindicação de seus direitos e território.

Recommended Posts

Leave a Comment